O que é Fluxo de Caixa

Você gostaria de saber o que é um fluxo de caixa? Se sim, este artigo irá te ajudar a compreender este importante conceito do mundo dos negócios. Este conceito foi popularizado ao longo dos últimos anos mas infelizmente mal compreendido por diversos empreendedores.

Sem dúvida, uma das maneiras de saber que uma empresa está crescendo é justamente validando o fluxo de caixa dela. 

Como você verá neste artigo, o fluxo de caixa é uma importante ferramenta para analisar e realizar tomadas de decisão, além de auxiliar no crescimento sustentável de uma companhia.

Está curioso para entender mais sobre este conceito? Não se preocupe: Neste artigo, vamos desmistificar o conceito de fluxo de caixa.

Afinal, o que é um fluxo de caixa?

Afinal, o que é fluxo de Caixa?

Fluxo de caixa, nada mais é, do que o movimento de entrada e saída de recursos do caixa da empresa. Trata-se de todos os recebimentos e gastos de sua empresa.

Esta é uma importante métrica que toda empresa precisa ter para ser mais eficiente em seus processos. Com essa informação, donos de negócio podem tomar decisões mais inteligentes.

Com a visão do fluxo de caixa, o dono de negócio consegue enxergar com mais clareza a situação financeira da empresa e também consegue ser mais claro também para investidores e potenciais sócios. 

Com esta ferramenta, é possível entender com precisão o faturamento e também alguma previsibilidade em relação às despesas futuras. 

Isso porque, ao realizar o fluxo de caixa, o empreendedor adquire uma visão mais precisa sobre o momento financeiro da empresa. Isso significa saber, por exemplo, que aquela semana que parecia ótima para o faturamento, na realidade gerou receitas próximas das despesas.

Existem várias formas de se obter essa informação, uma delas é utilizar um software para isso.

Com um software, é possível ter clareza da visão futura e ainda dispor de gráficos, onde se é possível analisar períodos e identificar tendências futuras. 

Como ter um fluxo de caixa eficaz

Um bom gestor precisa entender seu segmento e também ter bastante disciplina. 

Organizar a rotina diária da empresa, organizando todas as transações de uma empresa é muito importante para ter clareza em seu controle. Registros que variam desde pagamentos até abastecimento do carro precisam ser contabilizados. 

Faça também uma reserva para situações imprevistas, como cliente inadimplente ou falha de equipamentos. 

Também é preciso manter os dados sempre atualizados na ferramenta que preferir utilizar. 

Veja também nosso artigo: Melhores práticas para reduzir custos

Entendendo os tipos de fluxos de caixa

Agora que você conhece o conceito, vamos entender um pouco mais sobre os principais tipos de fluxos de caixa de uma empresa.

O que é Caixa de Fluxo Direto

Provavelmente, este é o fluxo de caixa mais comum na maioria das pequenas e grandes empresas. É através do fluxo de caixa direto, que é possível identificar problemas e desafios financeiros. 

Ele é responsável por registrar recebimentos e pagamentos de atividades com o valor bruto. Portanto, o empreendedor tem uma visão geral dos recebimentos e débitos de sua empresa. 

O que é Fluxo de Caixa indireto

Já o fluxo de caixa indireto, ao invés de analisar recebimentos e dívidas, leva em consideração o lucro líquido.

Fluxo de Caixa operacional

Faz análise da movimentação operacional, como gastos com manutenção, estoque, pagamentos, entre outros.

Fluxo de Caixa Livre 

Este é o saldo que resta de todas as obrigações e dívidas pagas. 

Fluxo de caixa projetado

Como o nome sugere, ele realiza uma projeção dos valores que serão recebidos em sua empresa. O mesmo também é projetado seus custos.

Fluxo de caixa para investimentos

Este fluxo de caixa indica quanto de capital há disponível para ser potencialmente investido. 

Conclusão

Todos nós sabemos da importância de uma boa gestão de finanças dentro de uma empresa.  É através dela que é possível identificar oportunidades e eliminar riscos para o negócio.

Como vimos, a ferramenta de fluxo de caixa é importante para todas as empresas, pois é através dela que é possível fazer um maior planejamento.

Como você já sabe, ter um bom planejamento estratégico maximiza suas chances de acertar no mundo dos negócios e assim, ser um melhor empreendedor

Procure soluções que afetam minimamente a capacidade financeira de sua empresa. Procure evitar empréstimos. Com essas dicas, você terá maior qualidade financeira de sua empresa e por consequência, maior lucro.